sábado, 23 de junho de 2012

Metalinguagem



Escrever...


Escrever linhas tortas, ou certas, ou retas... ou só escrever.


Versos rimados, ricos, pobres... milionários, abastados de tanta mensagem a se inferir.


Poemas ou prosas, romances ou crônicas... a arte de escrever, queria eu ter.


Enfeitar o mundo de palavras  bonitas


Fazer brilharem os olhos de quem lê... trazer esperança!


Escrever... escrever... cura para alma, cura para quem lê.


Queria eu ter


Ter o dom... o dom de chamar à existência, através das palavras, aquilo que não é.

6 comentários:

  1. Você tem esse dom. Exercite-o. Escreva mais.
    Um abraço,
    Flávio Marcus

    ResponderExcluir
  2. Obrigado, Flávio! Preciso mesmo escrever mais...
    Outro abraço!
    Edmar.

    ResponderExcluir
  3. Escrever bem, influenciar, deixar a sua mensagem
    Mudar a forma de pensar, abrir a mente de quem lê,
    usar corretamente as formas da linguagem
    Não depende de inspiração, benção, sorte ou dom
    Mas sim de persistência, vontade de mudar as coisas
    Voltar a mente ao que vale a pena, realçar o lado positivo
    E mostrar aquilo que quase sempre passa desapercebido
    Fazendo o mundo enxergar aquilo que ainda existe de bom :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Wow! Por que você não faz um blog para você também? kkkkkkkkkkkkkkkkk.

      Excluir
    2. Já tenho, http://www.heydervagner.com.br
      HAUAAHAUAHA

      Excluir
  4. As palavras são bonitas, sim. Porém, mais bonito é quem consegue transpor sentimentos para elas e tudo em redor. Você consegue isso, Edmar. É emocionante o sentimento, que deixa transparecer, de puro prazer, quando fala, ou se deixa falar, na nossa língua. Que eu também amo: a Língua Portuguesa. Parabéns por ser quem é e como é.
    Um carinhoso abraço...

    ResponderExcluir